Рубрики
Todo sobre el embarazo

4 filmes sobre autismo emocionantes que todos devem assistir

O autismo afeta 1 em cada 160 crianças no mundo todo, sendo que, no Brasil, são mais de 2 milhões de autistas, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Porém, mesmo com uma grande parcela da população diagnosticada com essa condição, muitas pessoas ainda sabem pouco sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA), devido à falta de representatividade na sociedade.

O autismo afeta 1 em cada 160 crianças no mundo todo, sendo que, no Brasil, são mais de 2 milhões de autistas, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Porém, mesmo com uma grande parcela da população diagnosticada com essa condição, muitas pessoas ainda sabem pouco sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA), devido à falta de representatividade na sociedade.

Pensando nisso, o Minha Vida separou uma lista com 4 filmes sobre autismo para assistir em família, quebrar barreiras e entender melhor toda a diversidade desse universo. Confira a seleção abaixo:

Mary e Max — Uma amizade diferente (2009)

A animação de Adam Elliot conta a história da amizade entre Mary, uma menina de 8 anos que vive na Austrália, e Max, um homem de 44 anos que tem a Síndrome de Asperger. Completamente ao acaso, Mary envia uma carta para Max e, a partir disso, surge uma linda amizade.

A menina é tímida e sofre bullying na escola, enquanto Max vive solitário e possui dificuldade de desenvolver laços afetivos com as pessoas. Através das trocas de correspondências, os dois se sentem acolhidos em suas diferenças.

Saiba mais:
Autismo: o que é, sinais e tipos

O Farol das Orcas (2016)

O drama dirigido por Gerardo Olivares conta a história de Lola (Maribel Verdú), a mãe de Tristán (Joaquín Rapalini), que busca uma melhora no quadro de autismo do seu filho. Lola decide viajar até a Patagônia para que o menino conheça as baleias e encontre uma conexão emocional.

Um dos pontos fortes do filme é a preocupação de retratar a condição não como uma doença, mas sim como uma característica neurológica.

Fly Away (2011)

O filme escrito e dirigido por Janet Grillo apresenta o relacionamento familiar entre Jeanne (Beth Broderick), uma mãe solteira, e Mandy, sua filha com autismo (Ashley Rickards). Uma história emocionante sobre as dificuldades de lidar com essa condição na fase de transição da adolescência para a vida adulta.

O Garoto Que Podia Voar (1986)

Dirigido por Nick Castle, o filme gira em torno do autismo não-verbale conta a história de Eric Gib (Jay Underwood), que sempre sonhou em voar. O adolescente perde seus pais em um acidente de avião e passa a viver com seu tio alcoólatra.

Após uma reviravolta, as pessoas começam a achar que ele realmente pode voar quando ele salva, misteriosamente, a jovem Milly (Lucy Deakins), sua vizinha, de uma queda.

Saiba mais:
Síndrome de Asperger: sintomas, causas e diagnóstico

Добавить комментарий

Ваш адрес email не будет опубликован. Обязательные поля помечены *